O futuro está na água* (Artigo do Presidente da ACATMAR)

terça-feira, Novembro 22, 2016

São oito anos de conquistas e muito trabalho para modificar uma realidade que está impregnada dentro da maioria de nós: o fato de estarmos virados de costas para o que temos de mais belo e inexplorado – o nosso mar. Trabalhamos diariamente para novas oportunidades e sou obrigado a dizer que, além de inúmeras reuniões, eventos e lutas, essa mentalidade já mudou muito. E para melhor. Conseguimos abrir os olhos do poder público, incluindo-se aí o governo do estado e diversas prefeituras, que receberam da entidade projetos de desenvolvimento náutico e começam a perceber o quanto podem se beneficiar com o setor.

A economia do mar está voltada ao comércio, serviços, indústria e ao turismo, que gera emprego e renda a toda uma cadeia econômica que engloba marinheiros, restaurantes, bares, lanchonetes, estaleiros e pequenas empresas que hoje alimentam o setor. A meta da Acatmar não é somente abrir os olhos para o nosso litoral, mas também para municípios onde podem ser explorados, de forma sustentável, seus rios, lagos e represas. Eventos realizados neste ano à beira dos rios Tijucas e Itajaí-Açu mostram que a náutica é para todos, seja através de uma prancha de stand up paddle, caiaque, moto aquática ou lancha.

Por outro lado, nossa aproximação com entidades pelo mundo tem nos aberto um amplo leque de possibilidades. As estruturas já existentes conseguem um passo até há pouco impensável: a regularização, por meio do projeto Marina Legal, idealizado pela Acatmar e que legalizou nossas Marinas de forma mais rápida, barata e desburocratizada. Falando em sustentabilidade, o projeto Limpeza dos Mares, em sua terceira temporada, já recolheu mais de 27 toneladas de resíduos do fundo das águas de nosso litoral. Um exemplo clássico de como a iniciativa privada, ao lado do poder público e de voluntários, pode realizar coisas grandes e benéficas a todos.

Apesar de nova, somos uma das associações mais atuantes, trabalhando para que nosso mar possa ser mais valorizado como um meio de fomento à economia. Desta forma conseguiremos fazer com que cada empresa que trabalha na náutica possa ser beneficiada e, automaticamente, gere cada vez mais emprego e renda ao município que abraça e vem junto. Se hoje se fala de náutica e outras entidades estão se dedicando a este setor muito se deve ao nosso esforço para termos mais possibilidades para todos e por todos, gerando um turismo de qualidade e com inovação. Estamos apenas no começo e muito ainda será realizado.

Venha somar e fazer parte da nossa ACATMAR.
Associe-se http://www.acatmar.com.br/inscreva-se

*Leandro ‘Mané’ Ferrari, presidente da Associação Náutica Brasileira (ACATMAR).